BIOGRAFIA

Alcides [ Alcides Pereira dos Santos ]

1932, Rui Barbosa | BA - Brasil

2007, São Paulo | SP - Brasil

Nascido na Bahia chegou em 1950 a Mato Grosso, onde se radicou, com 18 anos de idade. Vindo dos trabalhos exaustivos da roça, experimentou os ofícios de sapateiro, barbeiro e pedreiro, antes de exercer a arte da pintura. Segundo Aline Figueiredo (1977), com 19 anos de idade, “alcança as maiores revelações da sua vida: a religião e a pintura”. Desde 1992, residia em São Paulo, capital, onde faleceu em 8 de julho de 2007. Evangélico, acreditava que a arte é dom de Deus. Sua pintura, em conseqüência, reflete o provimento da vida do homem pela natureza, através do cultivo da terra e da pecuária, nas suas relações mútuas. Não se limitava ao aproveitamento dos dons divinos da terra pelo homem a representação simbólica de Alcides. Também a tecnologia e a vida das cidades devem revelar louvor à Criação, através de Flagrantes do dia-a-dia, sem qualquer laivo de proselitismo ou de representação explícita do sobrenatural. E assim ele pinta a série da criação do mundo em sete dias, incorporando ao trabalho as legendas bíblicas: “Disse Deus: Haja terra seca, haja relva, e árvores e flores”.

A serenidade das suas paisagens da década de 70 permanece, portanto, inalterada nas décadas de 80 e 90. Nessas, contudo, acentuam-se o grafismo e o geometrismo do seu trabalho, em que a figura humana – como também ocorria na década de 70 – está no campo da composição em pequena escala, pois é o todo da paisagem como criação macro que interessa.
Trabalhos seus integram o acervo do Museu Afrobrasil em São Paulo e do Museu de Arte Popular do Centro Cultural de São Francisco, em João Pessoa, Paraíba. Obras suas estão em importantes coleções particulares.

Fonte: “Pequeno Dicionário do Povo Brasileiro” – Lélia Coelho Frota

CV

Exposições Individuais:


2013 As poéticas máquinas de Alcides, Galeria Estação, São Paulo, SP, Brasil


2007 Alcides: meios de transporte e outras histórias, Galeria Estação, São Paulo, SP, Brasil


1973 Alcides, Atelier de Augusto Rodrigues, Rio de Janeiro, RJ, Brasil


 


Exposições Coletivas:


2018 Leda Catunda e Alcides: “Onde estamos e para onde vamos.”, Galeria Estação, São Paulo, SP, Brasil


2014 Tatu: Futebol, Adversidade e Cultura da Caatinga Museu de Arte do Rio – Mar, Rio de Janeiro, RJ, Brasil


2014 Quase figura, quase forma, Galeria Estação, São Paulo, SP, Brasil


2014 Vivid Memories Fondation Cartier pour l’art contemporain, Paris, França


2013 MUNDOS CRUZADOS: ARTE E IMAGINÁRIO POPULAR, MAM, Rio de Janeiro, RJ, Brasil


2013 Brazilian Customs Snafu , Andrew Edlin Gallery, New York, USA


2012 – 2013 Janete Costa “Um Olhar”, Museu Janete Costa, Niterói, RJ, Brasil


2012 Histoires de Voir, Fondation Cartier pour l’Art Contemporain, Paris, França


2010 Exposição Puras Misturas, Pavilhão de Culturas Brasileiras, São Paulo, SP, Brasil


2010 Arte brasileira: Além do Sistema, Galeria Estação, São Paulo, SP, Brasil


2009 Feira Art Madrid, Pabellón de Cristal , Madrid, Espanha


2006 Brasil Imaginário, Galeria Estação, São Paulo, SP, Brasil


2006 Asas do Imaginário, Galeria Brasiliana, São Paulo, SP, Brasil


2005 Brasileiro, Brasileiros, Museu Afro Brasil, São Paulo, SP, Brasil


2004-2005 Forma, Cor e Expressão: uma coleção de arte brasileira, Galeria Estação, São Paulo, SP, Brasil


2002 Pop Brasil - A Arte Popular e o popular na Arte, Centro Cultural do Banco do Brasil, São Paulo, SP, Brasil


2001 Brasil + 500 Mostra do Redescobrimento, Convento das Mercês, São Luís, MA, Brasil


2000 Brasil + 500 Mostra do Redescobrimento , Pavilhão da Bienal, São Paulo, SP, Brasil


1995 Os Herdeiros da Noite, Centro de Cultura de Belo Horizonte, Belo Horizonte, MG, Brasil


1995 Os Herdeiros da Noite, Espaço Cultural 508 – Sul, Brasília, DF, Brasil


1994 Os Herdeiros da Noite, Pinacoteca do Estado, São Paulo, SP, Brasil


1989 Momentos da República na Arte Mato-Grossense, Museu de Arte e de Cultura Popular da UFMT Cuiabá, MT, Brasil


1988 Negra Sensibilidade, Museu de Arte e de Cultura Popular da UFMT, Cuiabá, MT, Brasil


1988 Referências Pantaneiras na Pintura de Mato Grosso e de Mato Grosso do Sul, Solar Grandjean de Montigny, Rio de Janeiro, RJ, Brasil


1988 Referências Pantaneiras na Pintura de Mato Grosso e de Mato Grosso do Sul, Paço das Artes, São Paulo, SP, Brasil


1987 6º Salão de Artes Plásticas de Mato Grosso do Sul, Centro Cultural - 3º prêmio, Campo Grande, MS, Brasil


1983 6º Salão Nacional de Artes Plásticas, MAM, Rio de Janeiro, RJ, Brasil


1982 A Pintura Popular, Galeria Brasiliana, São Paulo, SP, Brasil


1981 Brasil/Cuiabá: Pintura Cabocla, Fundação Cultural de Brasília, Brasília, DF, Brasil


1981 Brasil/Cuiabá: Pintura Cabocla, MAM, Rio de Janeiro, RJ, Brasil


1981 Brasil/Cuiabá: Pintura Cabocla, MAM, São Paulo, SP, Brasil


1980 Primitivos de Mato Grosso, MASP, São Paulo, SP, Brasil


1979 36º Salão Paranaense, Teatro Guaíra, Curitiba, PR, Brasil


1979 4º Salão Jovem Arte Mato-Grossense da Fundação Cultural de Mato Grosso - grande prêmio, Cuiabá, MT, Brasil


1978 3º Salão Jovem Arte Mato-Grossense, Fundação Cultural de Mato Grosso, Cuiabá, MT, Brasil


1978 Arte Mato-Grossense, Museu de Arte e de Cultura Popular da UFMT, Cuiabá, MT, Brasil


1978 I Bienal Latino Americano, Fundação Bienal, São Paulo, SP, Brasil


1978 O Circo, Paço das Artes, São Paulo, SP, Brasil


1977 Santeiros Imaginário, Paço das Artes, São Paulo, SP, Brasil


1974 Mostra de Arte Contemporânea Brasil Senegal, MAM, Rio de Janeiro, RJ, Brasil


1974 Quatro Artistas Pernambucanos em Brasília, Brasília, DF, Brasil


1973 Fransciscana, Galeria Ranulpho, Recife, PE, Brasil


1972 O Espírito Criador do Povo Brasileiro, Palácio do Itamaraty, Brasília, DF, Brasil


1972 Salão dos Novos, MAC (3º Prêmio), Olinda, PE, Brasil


Coleções Públicas:


MAM – Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, RJ, Brasil


Museu AfroBrasil , São Paulo, SP, Brasil


Fundação Nemirovsky, São Paulo, SP, Brasil


University of Pennsylvania, Philadelphia, PA, USA


 


Publicações Selecionadas:


2012 Janete Costa Um Olhar, Museu Janete Costa, Niterói, RJ, Brasil


2007 Viva a Cultura Viva do Povo Brasileiro, Museu AfroBrasil, São Paulo, SP, Brasil


2005 Brasileiro, Brasileiros – Museu Afro Brasil, São Paulo, SP, Brasil


2002 POP Brasil | A Arte popular e o popular na Arte, Centro Cultural Banco do Brasil, São Paulo, SP, Brasil


2000 Mostra do Redescobrimento- Brasil 500 anos | Arte Popular, Takano Editora, Brasil


1995 Os Herdeiros da Noite: fragmentos do imaginário negro: 300 anos de Zumbi, Ministério da Cultura, Pinacoteca do Estado de São Paulo, São Paulo, SP, Brasil


1984 Tradição e Ruptura, síntese de arte e cultura brasileiras, Fundação Bienal de São Paulo, São Paulo, SP, Brasil


1974 7 Brasileiros e seu universo | artes ofícios origens permanências, Publicação de governo nacional, Brasília, DF, Brasil

EXPOSIÇÕES

encerrado

SP Arte 2014

02.03.2014 - 06.03.2014
encerrado

Brazil Art Fair 2013

04.12.2013 - 08.12.2013
encerrado
são paulo

Alcides | meios de transporte e outras histórias.

05.07.2007 - 29.09.2007
encerrado

Outsider Art Fair - New York 2014

08.05.2014 - 11.05.2014
encerrado

SP Arte 2015

09.04.2015 - 12.04.2015
encerrado
são paulo

Arte Brasileira: além do sistema

09.09.2010 - 13.11.2010
encerrado

SP ARTE 2012

10.05.2012 - 13.05.2012
encerrado
são paulo

As poéticas máquinas de Alcides

12.11.2013 - 20.12.2013
encerrado

SP Arte 2009

14.05.2009 - 17.05.2009
encerrado
são paulo

Leda Catunda e Alcides | Onde estamos e para onde vamos

14.06.2018 - 14.08.2018
encerrado

Histoires de Voir – Show and Tell | 2012

15.05.2012 - 21.10.2012
encerrado
são paulo

Janete Costa: Um Olhar

16.12.2012 - 31.03.2013
encerrado
são paulo

Quase figura, quase forma

21.08.2014 - 10.10.2014
encerrado

Outsider Art Fair - New York 2015

29.01.2015 - 05.02.2015

VIDEOS

Conversa - Exposição "As Máquinas poéticas de Alcides"
Conversa - Exposição "As Máquinas poéticas de Alcides"...
Bate-Papo
Bate-papo em torno da exposição "Onde estamos e para onde vamos"
A Galeria Estação convida para um bate-papo em torno da exposição "Onde Estamos e para onde vamos" -...
Bate-Papo