BIOGRAFIA

Julio Villani

1956, Marília | SP - Brasil

Nascido em Marília, no Brasil, Julio Villani trabalha e vive em Paris desde 1982. Desde a infância, começou a aprender arte no estúdio de seu vizinho, que restaurava painéis e pinturas de igrejas. Julio Villani estava em uma busca nômade e artística que alimentou sua subjetividade e a dinâmica de seu trabalho. Depois de estudar na faculdade de arte de São Paulo, ele foi para a Amazônia “para ver as fontes da geometria indiana” e continuou a pesquisa em museus europeus como o Louvre, a Galeria Nacional ou o Prado, para ver obras conhecidas desde a infância graças a fotografias. Ele estudou na Watford School de Londres e na Beaux-Arts de Paris antes de receber , em 1993, a bolsa Leonardo da Vinci do Ministério da Cultura e da Francofonia.

Julio Villani mistura “referências históricas da visualidade (concreto - padrões construtivos, abstratos, surrealistas, geométricos sensíveis dos povos indígenas brasileiros e imaginário popular) com a expansão de diretórios - gráficos, fotográficos, cromáticos e tridimensionais - para emborcar objetos utilitários de montagem , interferir com imagens pré-existentes ”. Desde o final dos anos 90, ele participa de muitas exposições na França e no Brasil. 

Fonte: Mouvements Modernes

CV

Exposições individuais:


2016 Estratégias Obliquas, Galeria Raquel Arnaud, São Paulo, SP, Brasil


2016 Collapsible Structures, Mercedes Viegas Arte Contemporânea, Rio de Janeiro, RJ, Brasil


2012 Chapelle de la Visitation, Thonon-les-Bains, Caixa Cultural, Brasilia, DF, Brasil


2010 L'Arpenteur, Musée Zadkine, Paris, França


2009 O catador, o anjo e o menino encorcovado, Paço Imperial, Rio de Janeiro, RJ, Brasil


2007 Verso e reverso, SESC Santo André, Araraquara, SP, Brasil


2006 Habitat center, Nova Deli, Índia


2006 Gallery 32, Londres, Inglaterra


2006 Maison de l'Amérique Latine, Paris, França


2005 Je ne suis pas d'ici, Maison de L’Amérique Latine, Paris, França


2005 Verso e reverso, SESC Araraquara, São Paulo, SP, Brasil


2005 Origines du monde, Centre d'art contemporain10neuf, Montbéliard, França


2004 Verso e Reverso, Casa França-Brasil, Rio de Janeiro, RJ, Brasil


2002 Remedos & Remendos, Paço das Artes, São Paulo, SP, Brasil


2002 Pinturas e Objetos Indiretos, Pinacoteca do Estado de São Paulo, São Paulo, SP, Brasil


2002 Appropriations | Expropriations, CREDAC, Ivry-sur-Seine, França


1999 Musée de Dieppe, Passage de Retz, Paris, França


1998 Museu de arte, Ribeirão Preto, SP, Brasil


1997 Interventions sur collections, Musée Beaux-Arts, Agen, França


1990 Archaeological forms, La Base, Paris, França


 


Exposições coletivas:


2016 Tudo Joia, Bergamin & Gomide, São Paulo, SP, Brasil


2012 O Brazil, Chapelle de la Visitation, Thonon-les-Bains, França


2011 Punto Linea Curva, Contemporâneo C.C. Borges, Buenos Aires, Argentina


2011 Hémisphère Sud, Galerie du Granit, Ecole d'art Gérard Jacot, Belfort, França


2010 Instalação Sonora 66x96, Paço das Artes, São Paulo, SP, Brasil


2008 Mão Dupla, Sesc Pinheiros, São Paulo, SP, Brasil


2007 Projections, Center d'art contemporain 10neuf, Montbéliard, França


2006 Passion et raison d'un esprit constructif : une conquête de l'art d'Amérique latine, Biarritz, França


2006 Oeuvres de la Fondation Daniella Chappard, Le Bellevue, Biarritz, França


2005 Amalgames brésiliens, Musée de L'oeuvre, Mantes-la-Jolie, França


2004 Don't call it performance, Museo del Barrio, Nova York, Estados Unidos


2003 Don't call it performance, Centro de arte Reina Sofia, Madri, Espanha


2001 O Espírito de Nossa Época, MAM-SP, São Paulo, SP, Brasil


2000 Continental shift, Fondation Ludwig, Aachen, Alemanha


1999 Vivre Paris, Espace Electra, Paris, França


1998 City canibal, Paço das artes, Bienal de São Paulo, São Paulo, SP, Brasil


1998 Museu de Arte de São Paulo, Col. Gilberto Chateaubriand, São Paulo, SP, Brasil


1996 24? Bienal de Pontevedera, Pontevedra, Espanha  


1993 Interventions sur collection, Musée de l’Assistance Publique, Paris, França


1994 Eles desenham como pintam, MAM, Rio de Janeiro e MAM, Salvador, Brasil


1988 Modernidade, Museu de arte moderna, São Paulo, SP, Brasil  


1986 Maestro e giovenni, Institut Italo-Américain, Roma, Itália


1987 Modernidade, Musée d'Art Moderne de la Ville de Paris, Paris, França


1976 Desenhos jovens, Museu de arte contemporânea, São Paulo, SP, Brasil

EXPOSIÇÕES

encerrado
são paulo

SP Arte 2019

03.04.2019 - 07.04.2019
encerrado

Feira Parte

07.11.2013 - 10.11.2013
encerrado

SP Arte 2011

11.05.2011 - 15.05.2011
encerrado
são paulo

Julio Villani | Por um fio

15.06.2019 - 31.07.2019
encerrado

ArtRio 2018

27.09.2018 - 30.09.2018
encerrado

SP Arte 2010

29.04.2010 - 02.05.2010

TOUR VIRTUAL

3D Visitar

VIDEOS

Ateliê do Artista: Júlio Villani
O artista Júlio Villani vive e trabalha entre São Paulo e Paris. Seu trabalho dialoga com as vanguar...
Documentário